História Adoremos

A Revista Vicentina Adoremos é o órgão de comunicação do Conselho Metropolitano de Belo Horizonte da SSVP, terceira publicação mais antiga da imprensa vicentina, fundada em 14 de setembro de 1914. Desde então tem levado informação, conhecimento e formação a Família Vicentina.

Conforme relato o livro “Furtado de Menezes”, o servidor dos pobres, o confrade Joaquim Furtado de Menezesm exercendo seu apostolado vicentino em Ouro Preto (MG), pretendia divulgar aos vicentinos o culto eucarístico. Para tanto, pensou em um boletim ou folha volante de 4 páginas. Assim nasceu o “Adoremus”, lançado oficialmente em setembro de 1914, na Festa da Exaltação da Santa Cruz, como órgão da Associação da Adoração Mensal.

Quando o confrade Furtado de Menezes transferiu-se para Belo Horizonte, em 1918, trouxe consigo O ADOREMUS, que continuou a ser editado mensalmente, trazendo notícias sobre a Adoração Noturna, como também informações e doutrinação vicentina.

Com o falecimento do confrade, em 19 de maio de 1940, O ADOREMUS passou às mãos dos Padres Sacramentinos, tendo como redator o Dr. Mozart Meniconi.

Em 1941, passou a circular como órgão do Conselho Central Diocesano da Sociedade de São Vicente de Paulo (hoj Central Belo Horizonte), tendo como redator o confrade Jair Lobo de Freitas (+17/09/2006), e como assistente eclesiástico o Pe. Willian Silva.

Em 1967, por decisão da diretoria do Central BH, edição novembro/dezembro, nº 489/490, o boletim foi transformado em Revista e voltou a circular.

Em janeiro de 2005, o Conselho Metropolitano de Belo Horizonte (CMBH), atendendo solicitação do Central Belo Horizonte assumiu a administração da Revista Adoremos.

Em 14 de setembro de 2014, no Centro de Formação Vicentina, realizou-se a cerimônia de comemoração do Centenário da Revista Adoremos. A Santa Missa foi presidida pelo Padre Juarez Soares, assessor espiritual do CMBH, e ao final foram homenageados os redatores e editores que já passaram pela Revista Adoremos (Jair Lobo, Vicente Ivo, Júlio Lima, Marileide Araújo e Regiane Estevam). Foi entregue, também, a premiação do Concurso Centenário, que elegeu a marca oficial dos 100 anos da Adoremos, sendo a ganhadora a consócia Lúcia Helena Ponciano Gomes, da área do Central N.Sra da Piedade de Caeté.

Desde 2014, a Revista Adoremos é editada pelo Departamento de Comunicação do CMBH, que integrada ao Portal CMBH e as redes sociais anunciam o dom de fazer o bem ao próximo. Desde então colaboraram com a edição da Revista: Gabrielle Oliveira, Gustavo Correia, Alysson Nazareth, André Peixoto, Maria Luiza de Lima Araújo.

Evolução da marca Adoremos

Conheça mais sobre a Revista Adoremos