NOSSA HISTÓRIA

Uma história de amor, solidariedade e fé.

O que um jovem cristão é capaz de fazer quando leva consigo a missão de transformar o mundo?

Foi assim que, em 1833, um rapaz de apenas 20 anos deu início a uma obra que iria mudar a vida de milhões de pessoas: a Sociedade de São Vicente de Paulo.

Esse jovem era Antônio Frederico Ozanam, nascido em 1813, na cidade de Milão, Itália. Mas foi em 1831, quando ele se mudou para Paris, que começou a ser conhecido por sua visão de mundo e imenso coração caridoso. Ozanam foi beatificado em agosto de 1997 pelo Papa São João Paulo II e, hoje, possui uma igreja no Brasil nomeada em sua homenagem.

Ozanam e seus companheiros fiéis, inspirados pela história de São Vicente de Paulo, decidiram homenageá-lo quando fundaram o que seria conhecida como uma das maiores e mais respeitadas instituições filantrópicas do mundo. São Vicente de Paulo, um homem considerado patrono de todas as obras de caridade, que dedicou toda a sua vida em prol daqueles que mais precisam de ajuda: os pobres.

A missão da Sociedade de São Vicente de Paulo é aliviar a miséria espiritual e material de crianças, idosos, moradores de rua e pessoas que estejam vivendo situações de risco social, colocando em prática os ensinamentos de Cristo e da Igreja Católica.

Com mais de 180 anos de história, a Sociedade de São Vicente de Paulo conta com um time de aproximadamente 700 mil vicentinos em todo o mundo, que buscam transformar a realidade de milhões de pessoas, através da fé e da solidariedade.

O mundo já abraçou a causa da SSVP. Hoje, 151 países fazem parte dessa corrente de caridade, mas foi em solos brasileiros que a Sociedade encontrou sua maior força. SOMOS O MAIOR PAÍS VICENTINO DO PLANETA. Aqui, a instituição nasceu em 1872, com a conferência São José, no Rio de Janeiro, e hoje já conta com cerca de 100 mil jovens vicentinos semeando o futuro de muitas famílias.