Que faria o querido São Vicente de Paulo, se voltasse à Terra em nossos dias ?

Você pode gostar...

Comentários

  1. Marileide de Oliveira araújo disse:

    Salve, Salve a nossa querida Sociedade São Vicente de Paulo. Parabéns para nossa querida Revista Vicentina Adoremos!

  2. Pedro disse:

    Por que vim até aqui?. Não vim, fui trazido. Eram 5:50 horas da manhã do dia 01/03/18. Paro meu carro na porta de uma agência bradesco em alguma cidade na boca do interiorzão do Brasil. Me mantive dentro do carro esperando pela 6hs, hora que eletronicamente os caixas se abrem. Observei que dentro do banco havia um senhor sozinho e sentado fazendo de uma lixeira seu banquinho. Olhei no relógio e já eram 06:08hs. Entrei no banco e dei bom dia àquele senhor. Ele ficou em silêncio e me olhou como que um pouco assustado e continuou sentado. Dirigi-me a um caixa para executar o que eu queria. O irmão continuava sentado. Me veio fugazmente uma leve desconfiança. Fitei-o de relance e vi um rosto de um brasileiro judiado pelo próprio país. Continuei minhas operações no caixa. Detalhe instigante: o caixa ao qual me dirigi era perto dele. De repente ele me diz, o senhor pode me ajudar a sacar um dinheirinho meu?. Eu disse, estou acabando e podemos tentar. Inseriu o cartão e eu perguntei o que o senhor quer fazer? e ele disse sacar o limite. Eu lhe disse está escrito que o limite são R$700,00 e ele disse pois é pode tirar. Coloque sua mão para leitura e ele o fez com a mão fechada. Abri-lhe os dedos e posicionei sua mão. Eu disse pegue rápido o dinheiro antes que a máquina o retroceda. Depois do seu muito obrigado, voltei para casa pensativo. A maior dívida da humanidade para com a humanidade é a educação. Mas o recado maior desta historinha veio do Céu, veio de São Vicente de Paulo. Aquele senhor confiou em mim, eu estava com uma camiseta do Santo…:)