Conselhos Centrais

Os Conselhos Centrais compõem o terceiro nível da hierarquia vicentina, ficando abaixo dos Conselhos Metropolitanos.  A atribuição dos Conselhos Centrais é de coordenação, promoção e execução de atividades vicentinas nas respectivas áreas. Cabe salientar que nesse hierarquia o primeiro e mais importante é a Conferência.

Um Conselho Central é subordinado a um único Conselho Metropolitano, e é formado por no mínimo cinco Conselhos Particulares instituídos, e por no máximo 15 (quinze) em funcionamento.